domingo, 26 de abril de 2009

Governador de SP fala contra conceito de raças

.
"Aqueles que insistem em ressuscitar o conceito de raça devem ser contidos, sob pena de incitarem processos odiosos"
.
Leia o texto completo do Serra clicando aqui.
(foi publicado dia 24 de abril)

4 comentários:

Anônimo disse...

Para conhecimento:

O Vice-Governador de São Paulo, Alberto Goldman, quando era deputado federal , foi quase uma voz isolada contra o PL do Estatuto da Igualdade Racial quando este chegou à Câmara após ter sido aprovado com facilidade no Senado

Juan José Verdesio disse...

O artigo do José Serra é emocionante e muito conveniente na hora atual.
Continuo achando que qualquer cota sempre será injusta. É uma medida demagógica e ineficaz. A medida certa é apoiar financeiramente aqueles que tiveram menores chances (Bolsas, ajudas, subsídios, etc). Mas a medida mesmo certa, que levaria muitas décadas para se tornar efetiva, é a de ter um sistema educativo básico que seja, pelo menos similar a de outros paises de América latina. Citando países grandes. O México certamente tem um sistema melhor. O Chile idem. Tem países pequenos que tem sistemas públicos bem melhores e não existe a alternativa de ter melhor no privado porque o público é melhor do que o privado.

Mas isso não dá votos em 2010.

Anônimo disse...

Sempre que a direita levanta alguma bandeira Racial , ascende o sinal : desgraca a vista.
Sou contra as cotas , por que acho um recuo da posicao pelo livre acesso a Universidade . Porem dizer que o fato da ciencia provar, que nao existem racas nao quer dizer, que nao existe racismo. Racas sao um fenomeno biologico, Racismo e um fenomeno social. Que tem a unica funcao de dividir a classe operaria , nao permitir que trabalahdores , se organziem para defender seus interesses. O racismo esta ai !!1 O odio racial e muito anterior as cotas . E atencao , quem quiz dividir a Bolivia usando o racismo para isso , foi a direita , o mesmo , que ocorre com a Venezuela

Anônimo disse...

E MESMO !!!
E Israel e O que ? Vi o tempo todo o PSDB justificando a existencia deste Estado teocratrico.