sábado, 4 de abril de 2009

A relação da Fundep (UFMG) com prefeitura mineira do PMDB

Oi pessoal,
Vejam o que deu no Estado de Minas - em fevereiro.
.
Um contrato da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), entidade de apoio à UFMG, com a Prefeitura de Ipatinga foi suspenso pela Justiça a pedido do Ministério Público (MP) por suspeita de fraude. Contratada sem licitação, em agosto de 2007, por R$ 748 mil, para elaborar leis complementares do plano diretor da cidade, a Fundep terceirizou o serviço para um grupo de advogados liderados por Jésus Nascimento da Silva, diretor da Faculdade de Direito de Ipatinga, amigo do pai do ex-procurador do município na gestão passada de Sebastião Quintão (PMDB) e amigo pessoal do prefeito. (...)
.
A Fundep está na mira da Justiça desde que um relatório de auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), divulgado no fim do ano passado, apontou uma série de irregularidades entre o relacionamento da fundação com a UFMG. O Ministério Público abriu uma auditoria especial para analisar as prestações de contas de 2005 a 2008. O trabalho deve ficar pronto nos próximos dias.
.
Criada para ser uma instituição de amparo à pesquisa e projetos educacionais, a Fundep se transformou numa “faz-tudo” e instrumento para contornar os rigores das leis e o controle da aplicação de recursos públicos. (...)
.
Para ler na íntegra a notícia (de 16/02/2009), "descoberta" pelo HULK no site do jornal Estado de Minas, clique aqui.
.
Para relembrar a ligação de uma fundação universitária com prefeituras ligadas a Lula, vejam os links abaixo:
.
.
.
.
.
(não deixem de clicar na imagem ao lado)

Um comentário:

Anônimo disse...

Só faltou noticiarem a ligação da fundação mais irregular da UnB com um português chamado Antônio Manoel MILHONÁRIO Dias Henriques!