segunda-feira, 9 de abril de 2012

Tese de mestrado da UnB que defende a violência no campo será defendida hoje, as 14:30h. Será que centenas de membros do MST estarão presentes com foices e facões??


Vejam aqui o que publiquei sobre essa tese inacreditável


É do povo do Direito Achado no Lixo.

5 comentários:

Anônimo disse...

MHL,

Vi o título da tese.

Será q ela defende mesmo o MST? Ou os julgamentos são baseados apenas no título.

É apenas uma pergunta...

Eu , particularmente, sou contrário a qualquer manifestação acadêmica q defenda a invasão de propriedade privada, e o desrespeito às leis dentro de um Estado Democrático de Direito.

Mas, olhando o título somente, sou incapaz de saber qual o teor da tese. O tema é relevante e polêmico, mas é necessário bom senso ao debatê-lo.

É sabido q mtos movimentos sociais tem inicio qdo a população é martirizada em prol de uma parcela ínfima da população. Por exemplo, será q o movimento teria a legitimidade das Jacqueries francesas, da primavera dos povos na Era iluminista, da Revolução Gloriosa em UK, da Primavera Árabe, etc?

Não sei. Talvez o tempo dirá.

Eu acho q quem tem motivos de sobra para se revoltar é a classe média q sofre com a alta carga tributária, com serviços públicos deficitários, com a violência urbana, com uma politica previdenciária falida, etc.

Mta gente sofreu com a dupla Collor/Zélia. Os efeitos se propagam até hoje. Vários processos de indenização na justiça e de reintegração. No entanto, votaram no cara para Senador de novo. Nessas horas, me pergunto: para onde esse país vai? Será q existem Homo Sapiens sapiens no Brasil?

Anônimo disse...

Este país vai para o COLAPSO.

Leiam o livro de Jared Diamond.

Mostra como um país como o nosso se torna um gigantesco Haiti em coisa de menos de 100 anos.

ACORDEM!!

Anônimo disse...

-> Hipertrofia do setor público.

-> Alta burocratização do setor público.

-> Desestímulo à produção industrial. Desestímulo à produção científica.
Desestímulo ao empreendedorismo.

-> Legislação tributária e previdenciária predatórias.

-> Ausência de investimentos em saúde, educação e ciência.

E ainda:

-> Corrupção no governo.

Vemos uma tese de Lulismo defendida na Economia da Unicamp.

Eu acho q, de acordo com esse restrospecto, seremos a nova potência brazuka.

A Dilma tinha q ler o "Collapse: How Societies Choose to Fail or Succeed (2005)". Mas seria demais pedir para nossos governantes estudarem um pouco :(.
Sobre a teoria da evolução, o Brasil é habitado pelo Homo sapiens brasiliensis.

Jorge.

Anônimo disse...

Marcelo, ia te mandar por email, mas já que o assunto desse post é pós graduação, mando por aqui mesmo: http://clippingmp.planejamento.gov.br/cadastros/noticias/2012/4/4/usp-quer-avaliacao-capes-em-sua-pos

Notícia interessante...

Anônimo disse...

Excelente ver como há mais leitores aqui que conhecem este livro indispensável para a cultura geral.

Eu acrescento os seguintes fatores básicos que levaram ao colapso outras sociedades na história, e que o Brasil repete agora mesmo:

- Falta de relacionamento com os vizinhos (como o Uruguai, e outros países que achamos "inferiores")

- Desequilíbrio de meio ambiente, especialmente com biomas frágeis (como a Amazonia ou Mata Atlântica)

- Pouca experimentação com novas práticas

- Política instável

- Planejamento de curto prazo, pois nao haver continuidade do governo, levando a objetivos de curto prazo, que costumam ser destrutivos ecologicamente (como a soja, o gado, o enriquecimento rápido)

- Presença de culturas pouco sustentáveis ambientalmente (como o gado)